Notícias de Miracatu - SP

Hanseníase é tema de palestra em Miracatu

Data: . - Miracatu

Ao contrário do que a maioria das pessoas acredita a hanseníase não é hereditária e tem cura, porém ainda não foi erradicada.
 
A Prefeitura de Miracatu, por meio do Departamento de Vigilância Epidemiológica, promoveu na manhã de sexta-feira, 07 de outubro, no Plenário da Câmara Municipal, palestra sobre Hanseníase. Ministrada pela enfermeira do Programa Saúde da Família, Kazue Ap. Y. Hanashiro, a palestra discorreu sobre o histórico, patologia, transmissão, imunologia, formas de contágio, ciclo, tratamento medicamentoso, etc. Participaram do encontro os Agentes Comunitários de Saúde (ACS), Enfermeiros, Auxiliares e Médicos da rede municipal de saúde.
 
A iniciativa visa preparar os profissionais da área da saúde para identificar o portador da doença, que é transmitida pelo ar, através do contato mais íntimo e prolongado com a pessoa infectada que não recebeu tratamento médico.
A prefeita Déa Moreira aprova estas capacitações, pois considera que "a saúde é muito importante. Não podemos descuidar dela", disse ela.
 
Indicadores (GVE XXIII) de números de casos por município de residência demonstram o resultado positivo realizado em Miracatu, até agosto deste ano:
 
Ano
2008
2009
2010
2011
Casos
03
01
01
01
Registrados e Contaminados
-
-
02
02
No vale do Ribeira, foram 18 casos em 2010, sendo sete paucibacilar (poucos bacilos; bactérias) e 11 multibacilar (muitos bacilos, contagiosa). Em 2011, até agosto, são cinco paucibacilar e quatro multibacilar.
 
Breve Histórico -Registros antigos constatam que o primeiro caso no País foi em 1600. A índia é o país com mais casos registrados e o Brasil está em segundo lugar no ranking.
 
Características - A hanseníase, antigamente conhecida como lepra, pode se manifestar no infectado de 2 a 10 anos depois do contágio. O primeiro sintoma da doença é o surgimento de manchas (planas ou elevadas) esbranquiçadas, avermelhadas ou amarronzadas no corpo, com diminuição ou perda de sensibilidade ao calor, à dor e ao tato. Outros sintomas são: caroços e inchaços no corpo, áreas com diminuição de pelo e do suor, dor nos nervos dos braços e pernas, dormência e formigamento.
 
Campanha Estadual 2011 – Acontece no período de 07 a 31 de outubro, a Campanha Anual de Controle à Hanseníase no Estado de São Paulo. Com o enfoque: "O início do caminho para a cura é a informação", a campanha tem como objetivo repassar informações, promover a prevenção e a busca ativa de novos casos, além de difundir o tratamento da doença.